Páginas

Resenha A viagem do Tigre - Colleen Houck


Título: A Viagem do Tigre
Autor (a): Colleen Houck
Editora: Arqueiro

Sinopse: Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor?
Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores. Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.
Em A viagem do Tigre, terceiro volume da série A Saga do Tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada em direção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, corações partidos e ação de primeira.








A pergunta que não quer calar: Ren ou Kishan?!

        Meigo, gentil, carinhoso, delicado, atencioso, ciumento e possessivo - na medida certa. São características típicas de príncipe encantado. E não é exatamente assim que é o Ren?
         Devo confessar que eu me apaixonei desde o primeiro livro pelo Ren. Até os poemas que ele recitava – que eu sempre pensei que seria brega! – foi perfeito. Ele é fofo, atencioso, cuidadoso, o verdadeiro homem dos sonhos.
          Só que o que fazer quando esse sonho de homem não se lembra que vocês estão namorando e que ele te ama mais do que já amou qualquer coisa? É isso mesmo! E fica pior: seu namorado, não pode te tocar sem se contorcer de dor e passar mal.
         Isso não é empecilho para que ele se sinta novamente atraído pela Kelsey, no entanto, superar esse obstáculo e conseguir concluir os desafios se torna muito difícil.
         E no meio de toda essa confusão, há o tigre negro. Lindo, desafiador, confiante, ousado, vêm Kishan, o maravilhoso irmão de Ren, arrasando corações e investindo na nossa personagem principal. Ele sabe ser paciente e aproveitar todas as oportunidades para estar presente sempre que ela precisa.
         Será que Ren vai conseguir lembrar-se de Kelsey? Será que amor o amor deles será suficiente para enfrentarem esses obstáculos e serem vitoriosos? Será que Kelsey deveria ficar com Kishan? Eles vão conseguir concluir as tarefas, apesar de toda essa confusão de sentimentos e rivalidade entre os irmãos?
Leia e Descubra!



“Ó, como esta primavera de amor se parece com a glória incerta de um dia de abril; que agora mostra toda a beleza do sol, e pouco a pouco uma nuvem leva tudo embora”.








Mudanças no blog!

              Olá pessoal, acho que vocês sabem que o Entre Virgulas foi feito por cinco amigos que estudam juntos na faculdade e resolveram  falar sobre os livros que liam, filmes e séries que assistiam ! O blog era não só uma maneira de compartilhar com as pessoas essas informações, mas também "treinar" o que aprendemos no curso. Porém, com o tempo cada um vai acumulando funções e por isso o blog ficou sem dois dos seus blogueiros. 
            A Debora Perrota está fazendo intercâmbio na nossa querida Itália e por isso não pode continuar postando por falta de tempo ! E a Letícia Fernandez também está atarefada e com um blog novo com a sua irmã Larissa e sabemos como é difícil cuidar de um blog , imagina de 2 ?! 
               Por isso, nós decidimos colocar duas colaboradoras para ajudar Eu ( Isadora ) , Camilla e Eric  com o Entre Vírgulas. São elas Amanda Mendes e Vanessa dos Santos , que são viciadas em livros e filmes e tenho certeza que ajudaram ao blog a continuar com força total !
           Além das duas, teremos a Bianca Cerqueira com a coluna Teatro sempre que tiver algo interessante para vocês.
Ah outra novidade e acho que vocês já andaram vendo nas postagens é que a nossa mascote Virgulina começou a dar as caras! Ela sempre vai aparecer no final dos posts seja para dar a nota de algum livro o filme, ou em sorteios e etc.! 
Sejam bem vindas Amanda e Vanessa !!
             Espero que gostem da mudança e que continuem conosco!
           E agradeço imensamente a Debora e a Letícia que foram tão importantes para o Entre Vírgulas esse tempo! 
Vocês são demais meninas!
Beijos !!

Crítica: Inside Llewyn Davis - Balada de um homem comum

Olá, meus queridos! ;)

Para aqueles que apreciam a dobradinha música + cinema, 
Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum é uma ótima escolha! Embalada pelas canções folk que compõem a belíssima trilha sonora, a trama, que é dirigida pelos irmãos Coen, expõe as dificuldades de Llewyn Davis (Oscar Isaac), um músico que não vive uma das fases mais brilhantes de sua carreira. Além disso, ele enfrenta muitos problemas na sua vida pessoal, principalmente no âmbito amoroso, fato decorrente das péssimas escolhas feitas no passado. 



Após a morte de seu amigo, e também parceiro de palco, Llewyn busca forças para continuar a sua caminhada. Ao longo do filme, que possui um quê melancólico tanto no enredo quando em sua fotografia, acompanhamos a sua dura via crusis - ao lado de Ulysses, o gato de um de seus amigos –, rumo ao tão ambicionado sucesso profissional. Em meio a noites mal dormidas em sofás alheios e pedidos de carona a estranhos, Llewyn Davis alimenta o seu descontentamento a cada “não” recebido, a cada porta fechada. Seria a hora certa de desistir de tudo? Ou o correto seria continuar tentando?

Inside Llewyn Davis é um filme simples, mas repleto de diálogos profundos e canções simplesmente apaixonantes. Importante destacar também a atuação de Oscar Isaac, que representa, com sucesso, o olhar suplicante unido ao comportamento extremamente arrogante do nosso anti-herói. Em meio ao cenário gélido da Nova York do anos 1960, a trama dos irmãos Coen nos atinge em cheio por fugir dos padrões de "finais felizes": aqui, Llewyn inicia o filme como um fracassado e, até o fim, permanece nessa condição. 


Oscar Isaac interpreta o músico Llewyn Davis 


Bem, para terminar deixo vocês com uma das canções que fazem parte do filme, a lindíssima Five Hundred Miles, interpretada por ninguém menos que Justin Timberlake e a atriz Carey Mulligan (ah, ignorem as legendas em russo, por favor HAHA). Um super beijo, fiquem bem e até a próxima! 




video



Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum
Título original: Inside Llewyn Davis
Direção: Ethan Coen e Joel Coen
Ano de lançamento: 2013





[Especial] Filmes "em mosaico"

E aí, galera?

Decidi trazer para vocês uma listinha com 5 filmes bem diferentes e, na minha opinião, super interessantes. O diferencial dos mesmos é a forma pela qual são estruturados: de trás pra frente, fragmentados, com partes misturadas... Enfim, são filmes que fogem completamente daquele ideal “começo, meio e fim”! Vamos conferir? ;)


1) Cães de Aluguel (1992)




Primeiro longa-metragem de Quentin Tarantino como diretor, Cães de Aluguel narra, de forma fragmentada, o planejamento e execução de um roubo de diamantes por parte do experiente Joe Cabot (Lawrence Tierney) e sua quadrilha. Entretanto, uma falha é cometida durante o assalto, fazendo com que a polícia passe a perseguir os criminosos envolvidos.






2) Pulp Fiction (1994)




Também sob a direção de Quentin Tarantino, Pulp Fiction nos apresenta três histórias diferentes – mas que se entrelaçam eventualmente –, cujos acontecimentos são divididos em sete capítulos narrados fora da ordem.  Na primeira história, conhecemos Jules Winnfield (Samuel L. Jackson) e Vincent Vega (John Travolta), dois assassinos que trabalham para o mafioso Marcellus Wallace (Ving Rhames). Já na segunda, acompanhamos Vincent e a esposa de Marcellus, Mia Wallace (Uma Thurman). Por fim, a terceira história conta com a presença de Butch Coolidge (Bruce Willis), um pugilista que, por não ter respeitado o acordo proposto por Marcellus de sair perdedor em uma luta, passa a fugir do mafioso. 








 3) Amnésia (2000)





Acompanhamos em Amnésia a história de Leonard Shelby (Guy Pearce), um “investigador de clientes” que, após ter sido vítima de um assalto, passa a sofrer um tipo de amnésia capaz de não permitir que ele se lembre de fatos recentes – ocorridos há 15 minutos. A trama – dirigida por Christopher Nolan - se desenvolve de trás para frente e, assim como Leonard, precisamos juntar as pistas dadas a todo o momento a fim de solucionar o mistério que envolve o assassinato de sua esposa.






4) 21 Gramas (2003)





Em 21 Gramas, conhecemos um pouco da vida de Cristina (Naomi Watts), Jack (Benicio Del Toro) e Paul (Sean Penn), três personagens que têm seus destinos cruzados por conta de um trágico acidente de trânsito. O filme é fragmentado e não possui uma ordem pré-estabelecida, fazendo com o que o espectador seja o responsável por encaixar os fatos que lhe são apresentados.






5) Disconnect (2012)





O filme, que ainda não possui nome oficial no Brasil, apresenta as histórias de diversas pessoas que possuem uma característica em comum: todas fazem uso compulsivo da internet e, por sua vez, de aparelhos eletrônicos. As vidas dessas personagens se cruzam ao longo da trama dirigida por Henry Alex Rubin, que promove uma reflexão acerca do uso excessivo da tecnologia nos dias atuais, bem como as consequências negativas que essa compulsão pode provocar na vida de seus usuários.






Por hoje é só, meus queridos! Espero que tenham gostado do especial de hoje! Não esqueçam de deixar seu comentário e de curtir a nossa página no Facebook, hein? Um super beijo, fiquem bem e até a próxima <3 



Resultado do Sorteio - livro Boneco de Neve

Olá gente, hoje sai o resultado da promoção que fizemos valendo o romance policial do Jo Nesbo- Boneco de Neve que ocorreu nessas semanas.
Gente, quero agradecer as pessoas que participaram..! Muito Obrigada, a equipe do blog agradece !!

Agora vamos ao resultado :

A Ganhadora é a : Amanda Mendes de Lima !!


Parabéns Amanda Mendes!
Enviaremos um e-mail e ela terá 24 para responder o e-mail, caso não responda sortearemos de novo!
Mais uma vez muito obrigada a todos que participaram! e até o próximo sorteio

Resenha Métrica - Colleen Hoouver

     "  Métrica - É denominada métrica a medida do verso de uma poesia. Ao estudo da medida de cada verso é dado o nome de metrificação  "


   Métrica é  o livro de estreia da autora Collen Hoover que saiu pela editora Record e virou um Best - Sellers nos EUA. E eu tive a sorte de acha-ló na Feirinha de livros que está rolando aqui no Rio por acreditem se quiser rs R$:5,00 e em perfeito estado !

               Ele conta a história de Layken ,que depois de uma tragédia  familiar ela e a família  mudam do Texas para o Michigan . Ao chegar nesse novo destino ela conhece o Will que é um garoto amável
e passa por dores semelhantes ao dela. A química deles é vista logo assim que eles se encontram e é um casal que tem tudo para dá certo, mas o romance não é o só o foco do livro.

                 Esse livro me ganhou pelos personagens! Eu amei alguns personagens que fizeram a história ter a força que tem como a mãe da Layken que é uma guerreira e eu amei a relação das duas, o irmão da Layken e do Will que são uma graça e eu sempre ria com as ideias deles ou quando falavam algo . E a amiga que ela arranja que além de te divertir te passa uma lição tão linda.

               Bom, mas nem só de tragédia ou amor se baseia esse livro, mas também de Poesia, e eu amo poesia , inclusive estou fazendo uma matéria sobre na faculdade e é impossível não amar as poesias citadas no livro ou as noites de Slam que é um "campeonato" de poesias e deu muita vontade de participar de um.!

                 Outra coisa que me chamou muita atenção nesse livro é os trechos que aparecem sempre no começo de cada capítulo da banda The Avett Brothers, que é uma banda que eu não conhecia e por curiosidade e por gostar dos trechos que apareceram no livro eu comecei a ouvir e adorei! Layken e Will, vocês tem ótimo gosto musical rs.!

              E no final , o que eu achei do livro? Eu amei! Métrica mexeu muito comigo, a autora consegue descrever bem as fases do luto sem ser tão dramático. Acredito que o estado emocional do leitor vá influenciar nessa leitura e como eu já passei por essa fase e ainda é muito recente pra mim, o livro cumpriu o papel e mexeu bastante comigo! 


"O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar. Quando você está no palco, você compartilha um pedaço de sua alma. Não dá para pontuar isso."

              Se recomendo? Claro!!! Li todo em horas e estou ansiosa para a continuação! Sim, tem continuação que é Pausa! Será que acho o outro também por R$: 5,00?? Rs !!
Deixo vocês com a banda Thee Avett Brothers  !!
Até mais gente !






 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos